6 de janeiro de 2011

Os tempos áureos da FEESP


1939 – Começa a II Guerra Mundial. Desencarna José Petitinga. Edgard Armond torna-se secretário da Federação Espírita do Estado de São Paulo, sob a presidência de Américo Montagnini. A FEB publica A Grande Síntese, de Pietro Ubaldi, traduzida por Guillon Ribeiro. Realiza-se o I Congresso de Jornalistas e Escritores Espíritas.

1940 – Um grupo de espíritas, com auxílio da União Federativa inaugura em São Paulo a Rádio Piratininga. Nasce, em Minas Gerais, Edson Arantes do Nascimento, o “Pelé”. Desencarna Sir Oliver Lodge.

1941 – É fundada a “Sociedade de Medicina e Espiritismo do Rio de Janeiro”. Novamente a polícia ordena o fechamento da FEB no Rio de Janeiro