6 de janeiro de 2011

Auto-de-fé em Portugal


1951 – É fundada a Federação Espírita do Ceará, presidida por José Borges dos Santos. Edgard Armond publica Passes e Radiações e Os Exilados da Capela. É fundada a Federação Espírita de Goiás.

1952 – Desencarna Carlos Fortunatti, antigo militante da Sociedade Constancia e da Confederacion Espiritista Argentina. É criada na FEESP a “Fraternidade dos Discípulos de Jesus”.

1953 – Realiza-se o III Congresso Espírita Panamericano. Em Portugal o movimento espírita sofre perseguições do clero e do regime ditatorial salazarista. A sede da Federação Espírita Portuguesa é invadida e tem seus bens confiscados; é destruída uma biblioteca com 12 mil volumes.